CLINICADACARTILAGEM.COM.BR

Português    English (UK)    |   
 
 
Português    English (UK)   Deutsch    Español    |   
 
 

Notícias

Nova Casa

Chegando a hora! Breve maiores informações...

CRIOTERAPIA E COMPRESSÃO COMBINADOS

A melhor arma no controle de dor nas lesões ortopédicas.

A terapia através de baixas temperaturas, conhecida como crioterapia, é frequentemente usada para traumas músculo esqueléticos e terapia pós-operatória de pacientes ortopédicos. Diversos estudos demonstraram a eficácia da técnica simples e convencional de crioterapia, com bolsas de gel ou o próprio gelo, para reduzir a temperatura da pele, intramuscular e intrarticular em pacientes em condições inflamatórias. 

Leia mais...

Plasma Rico em Plaquetas 5

TERAPIA CELULAR NA ARTROSE DE JOELHO

A artrose é uma doença heterogênica que afeta a estrutura das articulações, causando dor e incapacidade funcional. Certamente é a doença articular mais dolorosa, causando problemas de locomoção, para atividades laborais e de laser.

Leia mais...

Entrevista a Revista Veja

Pesquisadores brasileiros desenvolvem tratamento pioneiro com células-tronco para artrose no joelho.

 

Leia mais...

Plasma rico em Plaquetas

Artigo publicado na Biomecanica Magazine (http://www.biomecanica.com.br/), na edição n°2 de 2012.

O texto aborda os benefícios do uso da terapia com o Plasma Ricos em Plaquetas (PRP) em diversas áreas da medicina, como também explica resumidamente o funcionamento desse novo procedimento.

Osteoporose

Foto Diógenes.bmp
Dr. Diógenes Ferreira,
Ortopedista.
Médico da Clínica da Cartilagem.


Osteoporose é uma doença que atinge os ossos, fazendo com que eles fiquem fracos e fáceis de se quebrarem. É mais comum em mulheres após a menopausa e não provoca sintomas. A dor aparece somente quando ocorre uma fratura, principalmente na coluna, quadril e punho.
A Osteoporose pode ser prevenida através da ingesta adequada de cálcio e vitamina D, associada a uma atividade física regular. Quando já instalada, deve ser tratada também com uso de medicamentos específicos.

BMAC

joelho

Muitas pessoas não entendem que as células tronco podem ser derivadas de adultos. Existem pacotes destas células na  medula óssea, gordura e outros lugares, eles estão presentes para ajudar a cicatrização tecidual quando há um dano ou  trauma. Estas células podem ser retiradas destes locais no corpo adulto, a diferença destas para as células tronco  embrionárias é que apresentam um poder mais limitado para se diferenciar e depende de qual local elas são retiradas.
Para o uso ortopédico estas células são retiradas da própria medula óssea do paciente e injetada na área que é  necessária. Este tipo de transplante tem a vantagem de não haver o risco de rejeição.

As células tronco da medula óssea são capazes de  deferenciar-se em cartilagem, gordura ou células ósseas como os  fibroblastos. Dois tipos de células tronco são mais importantes e tem sido estudadas, as células tronco mesenquimais  e  as hematopoiéticas.
Com o investimento da industria nesta técnica, hoje dispomos de dispositivos fechados e estéris para coleta e processamento do aspirado da medula óssea no centro cirúrgico, tornando possível fazer o tratamento das lesões articulares do joelho e quadril em um único ato operatório.
Este Kit chama-se BMAC, fabricado pela firma americana Harvest Thechnologies, e consiste em três passos, o primeiro a punção e aspiração da medula óssea do osso Ilíaco, processamento através de uma sistema fechado e estéril que dura 15 minutos e depois aplicação intrarticular após preparo artroscópico da articulação.


cartilagem-celulastronco-01

Punção da medula óssea.

cartilagem-celulastronco-03
Centrifugação


Este procedimento já esta sendo feito de rotina em nossos pacientes e vem mostrando bons resultados no pós operatório.

Video 6 meses PO

file:///C:/Users/Alcy%20Vilas%20Boas%20Jr/Desktop/NVEExport.0002%20-%20C%C3%B3pia.wmv

 

O que se comenta.....

Plasma Rico em Plaquetas.

A reportagem mostrada no programa Esporte Espetacular no dia 10 de janeiro de 2010, com o título de “Técnica revolucionária melhora índice de recuperação de lesões” , demonstrou uma técnica complementar para o tratamento das lesões tendinosas e musculares que vem se tornando eficaz no tratamento de atletas. Mas alguns pontos demonstrados podem confundir a população leiga, como por exemplo dizer que esta técnica é capaz de “tratar” uma lesão do Ligamento cruzado anterior, como foi apresentado.

Leia mais...

A denominada "Simples artroscopia de menisco ".

 

Não somente os leigos, mas também muitos médicos, apresentam para seus pacientes a artroscopia para retirada parcial do menisco como uma cirurgia “fácil e sem riscos”.

Para quem já fez muitas cirurgias de joelho, sabe o quanto é difícil um trabalho profissional no corno posterior do menisco interno e quais os riscos que uma cirurgia mal sucedida pode apresentar.

No Brasil, País do futebol, infelizmente as estatísticas oficiais são inexistentes, mas fazendo uma busca dos artigos já publicados para lesões do joelho somente em desportivas podemos encontrar alguns dados interessantes. Dos jogadores de futebol amadores e recreacionais, na faixa de 23 a 27 anos, tanto do sexo masculino como feminino, cerca de 35% dos jogadores sofrem um entorse de joelho, dos quais 65% são lesões meniscais, com uma incidência de 75% de tratamento cirúrgico, com afastamento temporário de cerca de 30 dias das atividades desportivas.

Leia mais...

Acesso aos pacientes

Esqueceu sua senha?
Esqueceu seu usuário?