CLINICADACARTILAGEM.COM.BR

Português    English (UK)    |   
 
 
Português    English (UK)   Deutsch    Español    |   
 
 

CÉLULAS TRONCO

Terapia com células tronco: A solução natural

Nosso corpo tem a capacidade de após uma lesão de regenerar-se e tornar-se sadio por si próprio. Nosso corpo reconhece, por exemplo, no ferimento de um osso uma lesão das células ósseas e o suprimento do sistema venoso. Neste exato momento o nosso organismo inicia o mecanismo de auto defesa, para a substituição da parte lesionada, e também para a sua reparação.

Nosso organismo reconhece o problema e reage de maneira imediata. Para esta função, necessita de células especiais de reconstrução e de reparação, as quais podem substituir as células defeituosas por outras sadias. Para tanto, o sistema de auto-defesa do corpo mobiliza-se para produzir e enviar as células de reparação e reconstrução, além de transportá-las para o local lesionado.

A função de reparação de qualquer lesão no corpo é uma atribuição específica de células altamente diferenciadas denominadas “ Células de reparação Autólogas”. Estas são também conhecidas como Progenitoras ou Células tronco. No organismo· elas são produzidas· na medula óssea e tem a propriedade· de transformar-se· em todo o tipo de células necessárias para este processo. Outras células do corpo não apresentam esta propriedade de transformação.
Na medicina moderna estas células vem sendo utilizadas em muitos casos, desde problemas cardíacos até vasculares. Um campo que vem se desenvolvendo é o tratamento das lesões da cartilagem articular, que é denominado Artrose.

Novas técnicas vem surgindo e tornando o método mais seguro, equipamentos de extração da medulla através de punção, preparo e separação das células no ambiente cirúrgico reduzem o tempo do tratamento e podem ser concomitantes com o tratamento artroscópico da articulação. 

 Neste tratamento o procedimento se inicia com a aspiração, por um trocater,· da medula óssea da crista do osso Ilíaco, do qual se retira 60ml de sangue e medula óssea. Depois este material é colocado em um recipiente próprio e estéril e levado a uma centrífuga de dupla rotação, a qual separa os elementos do sangue. Deste 60 ml de punção da medula, são produzidos 6ml de concentrado de células tronco mesenquimais e hormonio do crescimento. Estas células após serem adicionadas a Trombina, um agregante natural, toma a forma de uma gelatina, a qual é injetada na articulação após o procedimento artroscópico.

 

Durante a artroscopia é feito o desbridamento da articulação.

Uma técnica denominada de Abrasão artroplástica, que consiste na Abrasão do osso subcondral, que se encontra endurecido, através de uma broca de alta frequência . Associa-se micro fraturas, para melhorar o aporte sanguíneo e ajudar na ancoragem do coagulo a ser formado.

Exemplo de Abrasão + micro fraturas
associadas à terapia com células tronco.

 



Acesso aos pacientes

Esqueceu sua senha?
Esqueceu seu usuário?